Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Alfabeto Literário #R Ressacas literárias. Quando foi a tua última?

Ressacas literárias. Quando foi a tua última?

Hmm... Acho que nunca passei por isso. Acho que ler "Fermin" todos os dias ao vir do trabalho quando passo numa empresa que se chama Formifri não conta. Mas pronto, à custa desta empresa, não há um único dia que não me lembre do Fermin e das suas aventuras, que para quem não sabe é uma personagem da saga O Cemitério dos Livros Esquecidos.

 

E dessa lado? Há gente ressacada desse lado?

 

________________________________

 

Por 26 dias, eu, a Magda, a Just, a Maria João Covas, a Sofia Gonçalves, a Alexandra, a Drama Queen, a Caracol, a Gorduchita, a B♥, a Sandra.wink.winka Fátima Bentoa Happya Carla B. e a Princesa Sofia  responderemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às 14h das segundas, quartas e sextas, cá estaremos com este desafio. Não se esqueçam de visitar os restantes blogs para verem as várias respostas.

 

Boas Leituras!

Curtas do dia #764

Resumo resumido das primeiras horas nos Açores:

Ainda não vi nenhuma vaca, nem feliz nem infeliz. Zero. Para me vingar ao jantar comi porco e comi como uma lontra. Ou seja, uma Mula que comeu porco que nem uma lontra. Zero vacas. Saí do restaurante quase a rebolar. Acho que elas secretamente se vingaram de mim. As pessoas são muito simpáticas e estranhamente percebe-se tudo o que dizem. Estou há meia dúzia de horas aqui e já me cruzei com pessoas do Porto e de Santa Maria da Feira, nós malta do norte de Portugal continental estamos mesmo em todo o lado.

Lutar contra o excesso de peso #10

Não tenho uma dieta que implique contar calorias. Nem daria para mim, porque eu não peso a comida e por isso não tenho uma verdadeira noção do que como realmente. No entanto tento usar as calorias a meu favor na hora de escolher, como por exemplo quando compro pão embalado, iogurtes e até mesmo gelados. É assustador por vezes as escolhas que fazemos às cegas.

 

Ora vejam:

 

Em tempos fui com uma amiga lanchar e decidi pedir um croissant brioche simples. É relativamente seco, não tem cremes e aquele até nem tinha geleia no topo como é habitual. Pareceu-me uma boa escolha, tendo em conta que as outras opções eram bolas de berlim, pastel de chaves e afins. Cheguei a casa e por curiosidade fui ver ao Dr. Google quantas calorias tem um croissant: de acordo com o FatSecret um croissant brioche tem em média 300cal! Se tiver creme e/ou geleia, o valor é bastante superior.

 

Eu não sei se vocês têm noção das calorias que devemos comer por dia, mas existem tabelas que podemos consultar que nos ajudam a ter alguma noção. Por exemplo, atentem nesta tabela:

 

tabela calorias.png

(Retirada daqui)

 

Tendo em conta que eu não sou ativa e que meço 1,63m é-me indicado que devo ter um gasto calórico diário de 1700cal - o que está de acordo com o que me era indicado na altura que andava no ginásio -, ou seja, se eu comer 1700cal diariamente mantenho o peso, se comer mais do que isso engordo, se comer menos do que isso (ou tiver um gasto energético superior) emagreço. Até aqui tudo certo?

 

Vamos agora fazer as contas para uma tentativa de manter o peso:

Ora vejamos, 1700cal a dividir por 5 refeições - pequeno almoço, meio da manhã, almoço, lanche e jantar - dá um valor redondo de 340cal por cada refeição. Se tivermos em conta que um almoço saudável tem entre 600-700 calorias e que jantamos muitas das vezes o que almoçamos, facilmente chegamos à conclusão que não podemos ter lanches de 400cal - sim porque acompanhei com um sumo. Assim, facilmente achamos que nos alimentamos de modo saudável e não compreendemos como é que ainda assim engordamos porque até "só comemos um croissant ao lanche" Claro que se for uma vez de quando em vez não faz mossa, mas se for um hábito diário os resultados podem ser bastante negativos. E em mim os resultados estão à vista que na loja comia quatro napolitanas por dia - duas ao pequeno almoço, e duas ao lanche -  ou dois jesuítas de amêndoas - um ao pequeno almoço e outro ao lanche.

 

Outro exemplo: Estava a tomar café e apetecia-me um doce para acompanhar. Não queria comer uma nata - que tem de acordo com o FatSecret 297 cal - e olhei para os húngaros da montra que tinham um aspeto divinal. Pensei em pedir um para acompanhar o café mas antes fui ao Dr. Google e perdi o apetite por saber que uma só bolachinha, um só húngaro teria 100cal. E é assim que vamos cometendo erros sem nos apercebermos, porque até não enchemos os pratos de arroz e massa e até comemos sopa às refeições.

 

Não podemos efetivamente deixar que as calorias controlem a nossa vida, não devemos ser os ninjas das calorias sob pena de enlouquecermos mas podemos - e devemos - ter consciência do que cada alimento poderá representar na nossa alimentação. Agora claro que também existe a lei da compensação e se por cada húngaro que comermos fizermos uma caminhada de 20/30 minutos, então está tudo bem, mas se não o fizermos... Bem, já sabem o que acontece se não o fizermos.

Curtas do dia #763

 

A Mula durante estes próximos dias não vai estar efetivamente cá, todos as publicações - excetuando as curtas do dia que tenciono que sejam um "especial Açores" e sairão em tempo real - foram agendados e por isso os comentários não serão respondidos no tempo normal, ainda que possa à noite responder a alguns se tiver rede. A Mula não morreu, não virou snob, nem embruteceu mais do que já é. Só tirou mesmo as tão merecidas férias. Por isso só vos posso dizer: estão em autogestão, portem-se bem, e continuem a seguir esta barco que apesar de em piloto automático promete manter o mesmo registo.

 

 

Até já! E enquanto isso, acompanhem-me no  

 que prometo partilhar convosco o paraíso onde vou viver estes dias.

Alfabeto Literário #Q Quantos livros tens por ler?

Quantos livros tens por ler?:

Em wishlist tenho muitos, diria até uma lista tipo pergaminho antigo. Já comprados e em lista de espera não tenho muitos, porque normalmente vou comprando e lendo e só quando leio os que tenho é que compro mais, é assim que me organizo. Ainda assim tenho à volta de uns 15 livros na estante por ler, normalmente livros que me ofereceram e que não sendo prioritários foram ficando para trás. Um dia o meu sogro olhando para a estante pergunta: destes todos quais é que já leste realmente? Devolvi-lhe a pergunta: Pergunte-me antes quais foram os que eu ainda não li, porque a maioria estão lidos. Não sei porquê, mas ficou admirado. Mas não é suposto lermos o que temos? Em contrapartida, leio imensos livros emprestados pelo que leio imenso o que não tenho.

  

E vocês têm mais do que o que leem? Ou leem mais do que o que têm?

 

________________________________

 

Por 26 dias, eu, a Magda, a Just, a Maria João Covas, a Sofia Gonçalves, a Alexandra, a Drama Queen, a Caracol, a Gorduchita, a B♥, a Sandra.wink.winka Fátima Bentoa Happya Carla B. e a Princesa Sofia  responderemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às 14h das segundas, quartas e sextas, cá estaremos com este desafio. Não se esqueçam de visitar os restantes blogs para verem as várias respostas.

 

Boas Leituras!

Todos nós temos pavor de alguma coisa...

... E eu confesso que tenho pavor de deixar de saber escrever.

 

 

 

Há dias que abro esta janela em branco e fecho-a 30 ou 40 minutos depois sem nada escrever. Falta de inspiração? Talvez mas não é só isso. Cansaço? É provável mas é para além disso. Mas a verdade é que tenho coisas que vos contar, tenho tanto para escrever mas parece que deixei de o saber fazer com a naturalidade que o fazia. Parece que preciso de um pouco mais de esforço que o habitual.

 

Tenho pavor de perder o pouco jeito que tenho para escrever. Tenho pavor de perder este gosto. Tenho pavor de perder tudo o que já construí. Tenho pavor de me perder. Porque perder este blog, perder o jeito e o gosto pelas palavras é perder-me um pouco também.

 

Há dias que abro esta janela em branco para escrever algo engraçado ou não, pessoal ou não, tosco ou não, e entretanto perco-me nos comentários e pelo interior de outros blogs e simplesmente se apaga da minha mente e memória o que ia escrever... Se fosse realmente escrever alguma coisa... Iria realmente? Pois não sei... Acho que nunca saberei na realidade...

 

Sim, todos nós temos pavor de alguma coisa, o Mulo é de centopeias, mais do que aranhas ou a própria morte, eu tenho muito medo de me perder, porque houve um dia que me perdi e demorei demasiado tempo para me encontrar...

 

Que estas férias encontre o pedacinho de mim que algures perdi... 

Semana 37 - Desafio 365 Fotos

1505668587175.jpg

 

Foto 1- Começar a semana com uma Pavlova para a mãe. Esta fiz de creme de ovos e sumo de romã e romã para decorar.

 

Foto 2- Um gato que se cruzou no meu caminho. Se pudesse trazia todos os gatos que encontro comigo.

 

Foto 3- Em vésperas de férias, recordo uma escapadinha atenterior até Sintra e Lisboa.

 

Foto 4- Mais uma mensagem de pacote de açúcar. Eu este ano quase não vi o mar.

 

Foto 5- Avenida da Liberdade, no Porto.

 

Foto 6- Estação de S. Bento, no Porto. A minha cidade tem tanto encanto!

 

Foto 7- Um pequeno almoço merecido para celebrar as férias: Uma mocha com um croissant de chocolate.

 

insta.jpg

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.